Tudo sobre Traças

As traças, também chamadas de lepismas, são insetos comuns em todo o mundo e, apesar de não serem diretamente nocivas ao ser humano, podem causar grandes estragos, sobretudo ao vestuário, tecidos diversos, tapetes e livros armazenados na sua casa. Este é um tipo de praga doméstica difícil de evitar, mas você pode atenuar consideravelmente o aparecimento dos bichos tomando alguns cuidados. Está tendo problemas com traças? Que tal saber mais sobre o assunto? Confira nosso post na íntegra!

Como surgem e onde aparecem

Logo de início é importante saber que é muito difícil bloquear a entrada das traças nas casas e apartamentos, porque geralmente passam por janelas e portas abertas, pequenas frestas ou chegam pegando carona em caixas e objetos vindos da rua. As mariposas, que são os insetos adultos, podem voar para dentro de um aposento. Mas, na verdade, o perigo está nas lagartas, aquelas pequeninas larvas que se arrastam pelas paredes e tecidos, envoltas em um casulo de seda. O bicho só se alimenta praticamente no período larvar, já que o inseto adulto não pode comer, devido ao seu aparelho digestivo atrofiado.

A fêmea põe aproximadamente 100 ovos, e as lagartas saem em uma semana. A partir daí, começam a construir seu envoltório de seda, disfarçado com as fibras do material que estiver próximo, e dentro do qual começam a se nutrir.

O que elas fazem na sua casa

Uma vez dentro dos ambientes domésticos, os bichos procuram locais mais escuros e úmidos, sobretudo aqueles que tenham produtos têxteis armazenados. A umidade é essencial para o desenvolvimento das larvas. Nesse período, por exemplo, o casulo protege os insetos de ficarem desidratados e até de evaporarem aos poucos, tendo em vista que os tecidos e outros materiais que servem de alimentos contêm pouca água, e as lagartas devem guardar o máximo deste liquido internamente.
As traças têm hábitos mais noturnos e preferem locais onde há sujeira, visto que precisam de substâncias que são proporcionadas pelo pó e sujidades para construir seus casulos e facilitar a alimentação. Por isso, elas vão direto para as prateleiras de livros, despensas, guarda-roupas e armários pouco utilizados, ou qualquer outro lugar onde encontrem umidade e quietude.

Se o vestuário e os papéis são atrativos a esses bichos, também deve-se ficar atento a certos tipos de alimentos, porque existem traças que se nutrem de substâncias ricas em proteínas, glicose e amido, atacando cereais diversos e farinhas que estejam levemente úmidas.

Quais doenças transmitem

Não há registros de transmissão de doenças causadas pelas traças. Entretanto, um ambiente infestado com esses animais pode ser prejudicial a quem tem rinite alérgica, asma brônquica ou outras sensibilidades respiratórias, já que o aposento certamente apresentará mais poeira e sujidades em suspensão no ar. Além disso, sua presença causa uma aparência de descuido e má conservação ao ambiente, sem contar os eventuais prejuízos com roupas, alimentos, livros e outros objetos de uso pessoal.

Como evitar as traças

A principal maneira de se evitar as consequências danosas da ação das traças é combatendo a infestação desses insetos. E a melhor iniciativa, neste caso, tem a ver com a limpeza. Os ovos colocados pelas traças fêmeas não apresentam boa fixação, e são fáceis de se descolar se a pessoa fizer uma simples escovação e varredura dos locais.

Evite guardar os produtos têxteis por longos períodos, a não ser que os limpe de vez em quando, mantendo-os dentro de sacolas plásticas seladas ou embalagens fechadas. Limpe periodicamente os livros e papéis estocados. Impeça o contato dos alimentos com a umidade, guardando-os em recipientes herméticos. Sacuda e tire o mofo dos objetos que estiverem guardados debaixo das camas, roupeiros pouco utilizados e outras áreas de pouca ventilação. Você pode ainda passar aspirador de pó nos lugares de difícil acesso, como a parte de baixo dos móveis, a fim de remover larvas e os ovos das traças antes que eclodam e usar redes mosqueteiras nas janelas abertas, durante a noite.

Se sua residência já está com muitas traças, existem vários truques caseiros para diminuir a infestação, como saquinhos de lavanda, óleo de cedro, cascas de laranja e limão e muitas outras dicas da sabedoria popular. Mas se você pretende mesmo erradicar o inseto de todos os ambientes, é necessário que se faça uma inspeção prévia para se descobrir a espécie de traça que será combatida e aplicar um produto líquido para matar completamente as traças e evitar seu retorno durante um período determinado. E isso só poderá ser feito com eficiência por uma empresa especializada no combate e controle de pragas urbanas.

Categoria: Controle de Pragas, destaque | Tags: .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *