Mofo: conheça 5 maneiras de evitar esse problema

Muitas casas estão infectadas com mofos e muitos moradores podem nem sequer perceber a presença deles. É uma ideia errada achar que é necessário encontrar uma característica visual acentuada para que fungos estejam no ambiente.

O odor desagradável já sugere a presença de mofo e os fungos podem crescer em qualquer lugar: no tapete, nas roupas guardadas, nos alimentos, atrás dos armários e sobre as superfícies das paredes, em torno de vazamentos de água e condensação de tubulações.

As coisas mais importantes que o mofo precisa para se desenvolver são que no ambiente existam materiais orgânicos para se alimentar e umidade. Então, o que você poderia fazer para combater esse problema?

Seque áreas úmidas rapidamente

Nas casas há sempre uma abundância de materiais orgânicos para os fungos crescerem: gesso, madeira, entre outros elementos. A umidade, por outro lado, pode ser controlada.

Se a chuva molhou áreas internas de seu imóvel ou há acúmulo de água em canos, paredes ou tapete, por exemplo, enxugue os locais em no máximo 48 horas. Mesmo aqueles simples episódios diários merecem atenção: não deixe objetos molhados espalhados pela casa, seque o chão depois dos banhos e não deixe as roupas molhadas na máquina de lavar por muito tempo.

Facilite a ventilação dos ambientes

Certifique-se de que atividades tão simples como cozinhar o jantar, tomar um banho, ou lavar um bom volume de roupas não provoque o aparecimento de mofo. Melhore o fluxo de ar nos espaços internos de sua casa para que o banheiro, a cozinha e a área de serviços não deixem a umidade se acumular.

Para aumentar a circulação de ar, mantenha as portas abertas entre os cômodos, deixe um espaço entre os móveis e as paredes e abra janelas com mais frequência.

Reduza os níveis de umidade no banheiro

Nada como um banho quente para relaxar, não é? Porém, essas chuveiradas levantam aquela nuvem de ar quente e deixam enormes áreas, como paredes e espelho, com água condensada. Depois do banho, se você percebeu que esses lugares estão úmidos, trate de enxugá-los. Uma boa saída é instalar um exaustor no banheiro.

Conserte vazamentos e infiltrações

Qualquer ocorrência de avarias nas suas tubulações é um problema para sua conta de água no fim do mês, porque aumenta enormemente o desperdício deste recurso. Só que, além disso, vazamentos e infiltrações nos encanamentos são um importante impulso para o aparecimento de mofo, por conta da umidade que causam.

Por isso, é importante substituir o mais rápido possível as tubulações velhas e deterioradas, sem negligenciar o problema.

Impermeabilize algumas áreas de seu imóvel

Se existem superfícies que recebem água com frequência, fruto da condensação ou de chuvas, e você não quer ficar limpando toda hora esses locais, pode ser uma boa ideia impermeabilizar esses pontos de sua casa.

Com a aplicação de uma camada com os produtos certos, as áreas ficarão protegidas da umidade e vão prevenir o surgimento dos fungos.

Lembre-se: a melhor abordagem de combate ao mofo é manter-se vigilante para o surgimento dos sinais e controlar a umidade em sua casa.

Sua residência sofre desses problemas com mofo? O que você tem feito para acabar com a umidade em sua casa!

Categoria: Desentupidora, destaque | Tags: .

Comments are closed.